Dark Mode 168kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Daqui a sete anos, a Índia terá mais pessoas que a China

As Nações Unidas estimam que, em 2030, existirão cerca de 8,5 mil milhões de pessoas na Terra. A entidade também calcula que antes, lá para 2022, a Índia ultrapassará a China no número de habitantes.

i

A ONU estima que na entrada para o próximo século, em 2100, existam cerca de 11 mil milhões de pessoas no mundo

ROBERTO SCHMIDT/AFP/Getty Images

A ONU estima que na entrada para o próximo século, em 2100, existam cerca de 11 mil milhões de pessoas no mundo

ROBERTO SCHMIDT/AFP/Getty Images

Há anos que a Índia e a China mantêm uma luta a dois, numa espécie de jogo que, se tivesse um nome, seria “Quem tem mais habitantes?”. A China há muito que o ganha, mas a Organização das Nações Unidas prevê que a Índia demore menos de 10 anos a tornar-se no país com mais habitantes no planeta — deverá acontecer em 2022. Hoje, diz a ONU, é nestes dois países onde habitam 37% das cerca de 7,3 mil milhões pessoas que existem no mundo (19% são chineses e 18% são indianos). Mas este número não vai parar de aumentar até 2050.

Assim o prevê a entidade, que esta quarta-feira divulgou o “Revision of World Population Prospects”, relatório que compilou os resultados do 24.º estudo demográfico mundial realizado pelas Nações Unidas. E além de contabilizar o número de habitantes do planeta, o relatório serve para prever o que sucederá caso a demografia continue a dar pulos a este ritmo. As previsões apontam para que, em 2030, existam 8,5 mil milhões de pessoas na Terra. Em 2050 o número aumentará para os 9,7 mil milhões e, na entrada do próximo século, em 2100, a ONU espera que o mundo atinja os 100 mil milhões de habitantes.

Os 10 países com maior número de habitantes no mundo | Create infographics

Agora, em 2015, tanto a China como a Índia são os dois países do mundo onde habitam mais de um milhar de milhão de pessoas — 1.376,049 no primeiro país, 1.311,051 no segundo. O terceiro país com maior número de habitantes neste momento são os EUA, com 321,774 milhões de pessoas. E também aqui a ONU espera ver uma novidade em 2022: a Nigéria. Aí deverá substituir a nação, hoje presidida por Barack Obama, no pódio deste ranking demográfico. O país africano tem atualmente a sétima população mais vasta no planeta.

É a África, aliás, que as Nações Unidas confiam grande parte da responsabilidade pelo boom populacional estimado para os próximos anos. “A maioria do aumento projetado na população mundial pode ser atribuído a uma pequena lista de países com elevada [taxa de] fertilidade, sobretudo em África”, lê-se, na versão resumida do relatório. Até 2050, a ONU antevê que metade do aumento populacional se concentre num grupo de nove países — Índia, Nigéria, Paquistão, República Democrática do Congo, Etiópia, Tanzânia, EUA, Indonésia e Uganda.

Desse grupo de nações, três (Nigéria, Paquistão e Indonésia) deverão juntar-se, em 2050, à Índia, à China e aos EUA como os países onde habitam mais de 300 milhões de pessoas. Embora sem indicar um ano em concreto, a ONU estima igualmente que a Europa venha a ser o continente com a população mais envelhecida, ou seja, com o maior número de pessoas com idade superior a 60 anos.

Documentos

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.