O líder do CDS, Paulo Portas, foi convidado pelas estações de televisão para participar nos frente a frentes cruzados sobre as eleições legislativas. A proposta seguiu esta quinta-feira para os vários partidos, uma vez que esta sexta realiza-se a terceira reunião entre canais de televisão e partidos para acertar o modelo de debates.

Os Verdes reclamaram tratamento igual ao CDS, uma vez que integram também uma coligação, a CDU, com o PCP. Mas o entendimento das direções de informação não foi esse, tendo-se baseado naqueles que são os partidos que concorrem sozinhos às eleições legislativas. Ora, Os Verdes nunca se candidataram sem ser em coligação.

Na última reunião, na terça-feira, o PS declarou que não estava disponível para debater a dois com o CDS pois a coligação Portugal à Frente já estava representada por Pedro Passos Coelho. O PSD, por seu lado, mostrou-se indisponível para fazer três frente a frente Passos/Costa (um em cada canal) em nome da equidade das candidaturas.

A proposta inclui ainda um debate conjunto com as cinco principais candidaturas, coligação PSD/CDS, PS, CDS, BE e PCP.