Um grupo de alpinistas encontrou um corpo nos Picos da Europa, a norte de Espanha, com documentos de identificação que pertencem ao atleta desaparecido desde o início de novembro, João Marinho. As buscas tinham sido encerradas no mesmo mês devido às condições atmosféricas. A notícia é avançada pelo jornal espanhol Asturias 24.

O corpo foi transferido para o Instituto Anatómico Forense, em Oviedo, para que possa ser autopsiado e feita uma análise ao ADN. Apesar de tudo indicar que se trata do atleta que partiu sozinho para os Picos da Europa, ainda é preciso confirmação das entidades competentes, o que deverá demorar cerca de dois dias.

João Marinho era um atleta natural de Amarante, distrito do Porto e estava desaparecido nos Picos da Europa. As últimas fotografias de João Marinho nas redes sociais Facebook e Instagram datam de 4 de novembro, onde o atleta aparece com o equipamento de montanha e com os Picos da Europa como pano de fundo.

João Marinho foi o impulsionador do Douro Bike Race, organizou a prova de BTT Mountain Quest e o Réccua Douro Ultra Trail, segundo a agência Lusa. Tinha 31 anos.