Um novo túnel foi descoberto na cidade mexicana de Tijuana, na fronteira com os Estados Unidos, alegadamente da propriedade do cartel de droga de Sinaloa, segundo informaram, esta segunda-feira, fontes militares.

Este ‘narcotúnel’ foi localizado a 30 de julho, mas só no passado domingo é que os militares e agentes puderam aceder ao interior após receber a ordem emitida por um juiz.

A passagem, com uma entrada de 1,30 por 1,32 metros, uma profundidade de 5,71 metros e uma extensão de 126 metros, estava em fase de acabamento, sem ‘saída’ em solo norte-americano.

Apesar de ter dimensões muito menores, tem características idênticas ao túnel de 1,5 quilómetros de comprimento através do qual Joaquín “El Chapo” Guzmán se colocou em fuga, depois de se ter evadido da prisão de máxima segurança Altiplano I no dia 11 de julho.