São, no mínimo, revelações surpreendentes. Desafiada a escolher uma carreira que não a de escritora ou de advogada, Michelle Obama, primeira-dama dos Estados Unidos da América, confessou que gostava de vestir a pele de Beyoncé.

Numa cimeira organizada pela Casa Branca, a “Beating the Odds Summit”, que reuniu 140 estudantes universitários, Michelle Obama não fugiu à pergunta do rapper Wale, transformado em jornalista improvisado, e respondeu com desportivismo: “Veem? Até tenho as mãos [de Beyoncé]”, disse Michelle, referindo-se à coreografia da cantora norte-americana desenhada para o tema “Single Ladies”.

Wale insistiu e perguntou a Michelle Obama que conselho daria se pudesse viajar no tempo e encontrar-se com uma versão mais nova de si própria. “Não tenhas medo e pede ajuda”, respondeu a primeira-dama dos EUA, segundo conta o jornal espanhol El País.

As confissões de Michelle Obama têm dado que falar e já chegaram às redes sociais. Aliás, foi a própria primeira-dama a partilhar o momento na página oficial do Instagram.

Esta não é a primeira vez que Michelle Obama tenta a sorte no mundo da dança. Em 2011, subiu ao palco numa iniciativa de combate à obesidade infantil em Washington D.C.. Ao som de que música? Adivinhou. O tema “Single Ladies”, de Beyoncé.