O défice comercial dos Estados Unidos aumentou 7,1% em junho para 43.800 milhões de dólares (40,2 milhões de euros), devido sobretudo ao aumento das importações oriundas da Europa, indicou o Departamento do Comércio norte-americano.

Além disso, o governo federal reviu em baixa o valor do défice comercial relativo a maio, dos iniciais 41.900 milhões de dólares para 40.900 milhões de dólares, refere em comunicado.

Em junho, o fortalecimento do dólar voltou a prejudicar as exportações norte-americanas que caíram 0,1% para 188.600 milhões de dólares, enquanto as importações registaram um aumento de 1,2% para 232.400 milhões de dólares.

Os Estados Unidos importaram em junho mais automóveis e produtos farmacêuticos, em particular, da União Europeia.

O défice comercial dos Estados Unidos com a China também aumentou, situando-se nos 29.000 milhões de dólares.