A cidade de Lisboa vai receber, no próximo domingo, 9 de agosto, a última etapa da Volta a Portugal de bicicleta. A prova vai decorrer entre as 15h45 e as 17h30 e será antecedida pelo Passeio da Volta, o que vai obrigar a interrupções de trânsito nalgumas das artérias principais da capital entre as 7h e as 22h00. De acordo com uma nota da Câmara Municipal de Lisboa enviada às redações, as seguintes vias vão sofrer alterações de trânsito:

  • Interrupção total na via Central da Avenida da Liberdade – Rotunda do Marquês de Pombal até aos Restauradores (os atravessamentos na Av. da Liberdade serão apenas interrompidos enquanto decorrer a prova);
  • Encerramento do acesso à Rotunda do Marquês a partir do túnel, mantendo-se abertos os restantes acessos de entrada e saída;
  • Sentido Sul – Norte: interrupção na Praça D. Pedro IV (Rossio), com inversão para a Rua do Ouro;
  • Sentido Saldanha – Marquês de Pombal: interrupção na Avenida Fontes Pereira de Melo, com alternativas para Avenida António Augusto de Aguiar ou entrada no Túnel do Marquês;
  • Trânsito oriundo da Praça José Fontana: interrupção na Avenida Duque de Loulé com a Rua Luciano Cordeiro;
  • Trânsito oriundo das Amoreiras e A5: Interrupção na Avenida Joaquim António de Aguiar com a Rua Castilho;
  • Trânsito oriundo do Largo do Rato: Interrupção na Rua Castilho com Rua Alexandre Herculano;

O executivo liderado por Fernando Medina revelou também que, entre as 13h e as 18h, serão ainda “encerradas ao trânsito a Avenida Fontes Pereira de Melo e a Avenida da República (a partir do cruzamento com a Avenida de Berna)”.

“Os arruamentos serão reabertos ao trânsito à medida que passem todos os atletas, com exceção do percurso entre o Rossio e a Avenida da República, que será repetido seis vezes na prova da Volta, e das artérias que seguidamente se identificam”, pode ler-se ainda na nota enviada pela Câmara de Lisboa. Por isso, nesse dia, o melhor mesmo é deixar o carro em casa e desfrutar da prova rainha do ciclismo português.