435kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Apoiante de Costa pede demissão dos responsáveis pela campanha do PS

Este artigo tem mais de 5 anos

Florbela Fernandes, apoiante de primeira linha de Costa e número 3 do partido por Évora, pede a demissão dos responsáveis pela campanha, depois da mais recente polémica envolvendo os cartazes do PS.

"Não se usam cidadãos comuns para fins meramente publicitários", escreveu Florbela Fernandes, número 3 por Évora
i

"Não se usam cidadãos comuns para fins meramente publicitários", escreveu Florbela Fernandes, número 3 por Évora

"Não se usam cidadãos comuns para fins meramente publicitários", escreveu Florbela Fernandes, número 3 por Évora

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A polémica a envolver os cartazes do PS continua a dar que falar. Desta vez, foi Florbela Fernandes, candidata a deputada socialista pelo círculo eleitoral de Évora, a exigir a demissão dos responsáveis pela campanha.

Num texto publicado na página do Facebook da militante do PS, a presidente do Departamento Federativo das Mulheres Socialistas de Évora e número 3 do partido naquele distrito afirma que “os responsáveis pela campanha do PS devem demitir-se” ou, no limite, “serem demitidos” pela direção do partido.

“Não se usam cidadãos comuns para fins meramente publicitários, para isso recorre-se a atores. Pessoas comuns, têm de ser tratadas como tal e nesse caso, têm de lhe explicar claramente o que se pretende delas, principalmente quando queremos pessoalizar”, sublinha Florbela Fernandes, apoiante de primeira linha de António Costa.

Quem forem os responsáveis pela campanha do PS devem demitir-se, ou serem demitidos. Não se usam cidadãos comuns para...

Posted by Florbela Fernandes on Sexta-feira, 7 de Agosto de 2015

Como o Observador contou em primeira mão, algumas das pessoas que figuram nos outdoors do PS como estando desempregadas ou que se viram a braços com a necessidade de emigrar eram, afinal, colaboradores na Junta de Freguesia de Arroios, em Lisboa.

Num dos casos, Maria João Pinto, em declarações ao Observador, acusou o PS de fabricar a sua história e mais: garantia nunca ter autorizado a publicação da fotografia para aquele efeito. A jovem de 29 anos, que na altura prestava serviços na área da comunicação na Junta de Freguesia, ameaçava inclusive recorrer à Justiça e exigia que os socialistas retirassem imediatamente os outdoors.

Em resposta à notícia do Observador, o PS emitiu uma nota oficial onde apresentava formalmente um pedido “de desculpas públicas, em especial às pessoas implicadas” e garantia que já teriam sido pedidos os “esclarecimentos pormenorizados aos fornecedores e prestadores de serviços, bem como todas as informações necessárias a que se possa avaliar o procedimento seguido”.

Este sábado, a presidente da Junta de Freguesia de Arroios, Margarida Martins, garantiu, em nota enviada à Agência Lusa, que a responsabilidade da utilização das fotografias dos colaboradores da junta na campanha socialista era da organização do partido, assegurando que apenas fizera a ligação entre as duas partes.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.