Pelo menos 14 pessoas morreram e quatro estão desaparecidas em consequência da passagem do tufão Soudelor na costa sudeste da China, revelaram hoje os media chineses.

De acordo com a agência noticiosa Xinhua, 12 das vítimas eram de Wenzhou, cidade com 1,5 milhões de habitantes e que registou prejuízos de mais de 600 milhões de dólares.

Com a passagem do tufão, aquela região registou as piores chuvas dos últimos cem anos, assim como deslizamento de terras nas zonas rurais.

Segundo as previsões do centro meteorológico chinês, o tufão Soudelor poderá passar nas próximas horas à categoria de tempestade tropical à medida que progride naquela região do continente asiático.

Em Taiwan, o tufão causou seis mortos, 102 feridos e quatro desaparecidos. Mais de três milhões de famílias ficaram sem eletricidade por causa das chuvas torrenciais.