Pelo menos três pessoas morreram e 10 ficaram feridas num atentado bombista a uma esquadra de polícia em Istambul, esta segunda-feira. Poucas horas depois, um homem e uma mulher dispararam contra o edifício do Consulado americano naquela cidade turca.

De acordo com a agência de notícias turca Anadolu, vários agentes foram mobilizados para o edifício do consulado e a polícia deteve um dos dois suspeitos do ataque, uma mulher. O homem continua em fuga e o consulado não vai abrir ao público. Não se conhecem vítimas deste ataque.

Durante a noite, um carro armadilhado explodiu junto a uma esquadra da polícia, no distrito de Sultanbeyli, causando 10 feridos, noticia a CNN turca. Dois homens armados e um agente da polícia morreram no tiroteio que se seguiu.

https://twitter.com/CNNTURK_ENG/status/630630350545395712

Em julho, a Turquia iniciou uma campanha de ataques aéreos contra militantes curdos no norte do Iraque e contra combatentes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão e do Estado Islâmico na Síria. O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, anunciou a campanha como “uma luta sincronizada contra o terror”.