O tenista português João Sousa subiu mais dois lugares no ‘ranking’ mundial e figura hoje no 40.º posto do circuito, ficando a cinco posições da sua melhor classificação de sempre.

O número um português não figurava no grupo dos 40 melhores do mundo desde 22 setembro de 2014, altura em que surgiu em 36.º.

Mais acima da lista, que continua a ser liderada confortavelmente pelo sérvio Novak Djokovic, com mais 4.690 pontos que o suíço Roger Federer, a única alteração na elite do ‘top-10’ foi operada pelo japonês Kei Nishijori.

O nipónico, que acaba de sagrar-se campeão do torneio de Washington, subiu um lugar na lista do ATP Tour e passou a ocupar o quarto posto, igualando a sua melhor classificação de sempre.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No circuito feminino, e à imagem do que sucede em masculinos, a norte-americana Serena Williams segue sem oposição no comando da tabela, com 5.985 pontos de margem para a russa Maria Sharapova.

Michelle Larcher de Brito, que só deverá regressar à competição em finais de agosto, depois de ter sido operada a um pulso, caiu 14 lugares e aparece na lista desta semana na posição 170.