gigante Google anunciou na segunda-feira uma reestruturação que tornará o motor de busca parte integrante de um novo grupo chamado Alphabet. Mas o The New York Times reparou num problema: o domínio de internet “alphabet.com” já tem dono. É outro gigante: a alemã BMW. E, ao contrário do que conseguiu fazer o Facebook há uns anos com o domínio fb.coma Google terá dificuldades em comprar o domínio para fazer dele a casa online da nova empresa. A BMW não quer vender e estará a avaliar se a Google não está a infringir a lei.

A Alphabet é a nova empresa que, como se fosse uma holding, vai aglutinar todas as atividades da Google – não só as operações ligadas ao motor de busca e internet, mas todas as outras, como a produção elétrica. Mas a Alphabet é, também, uma empresa britânica do Grupo BMW que presta serviços a empresas com frotas de carros da marca alemã.

bmw

(a captura de ecrã do site da Alphabet é do The New York Times – o site parece ter, neste momento, rebentado pelas costuras devido ao tráfego elevado)

Como escreve o diário nova-iorquino, presume-se que Larry Page e Sergey Brin, fundadores da Google, tenham googlado o nome da nova empresa antes de anunciar a sua criação. Se o fizeram, perceberam que se trata de uma marca registada pertencente ao Grupo BMW.

O que não aconteceu, segundo o The New York Times, foi um telefonema para a BMW, antes do anúncio. Segundo uma porta-voz da BMW, em Munique, a BMW não foi contactada de antemão nem foi informada dos planos da Google para usar aquele nome. E agora? “Não estamos a planear vender o domínio”, porque o website da empresa é uma parte importante do negócio da Alphabet – a empresa da BMW.

A porta-voz adiantou que os advogados da BMW estão a avaliar até que ponto existe fundamento para um processo de infração de marca registada. A questão é que apesar de a Google ser uma empresa de internet, está também ligada ao setor dos automóveis – onde o grupo BMW participa – através da pesquisa que tem sido feita para utilizar o sistema operativo da Google, o Android, em carros. Além disso, a Google tem procurado entrar no setor automóvel com os seus protótipos de veículos elétricos sem condutor.

A solução para parte do problema poderá estar, para já, no domínio que já pertence à Google e que se chama “abc.xyz“.