Jorge Gonçalves, presidente do Sporting entre 1988 e 1989, morreu esta terça-feira em Angola. A informação foi avançada pelo Diário de Notícias, que refere que o corpo do antigo líder leonino, de 67 anos, foi encontrado num quarto de um resort a 120 quilómetros de Luanda.

Entretanto o Sporting já confirmou oficialmente o óbito do seu antigo presidente.

O Correio da Manhã revela que Jorge Gonçalves foi encontrado enforcado na estância balnear de Cabo Ledo.

Conhecido por “bigodes”, a passagem de Jorge Gonçalves pela presidência do clube de Alvalade foi curta. Depois de afirmar que iria “tratar das unhas do leão”, protagonizou uma das não-contratações mais famosas do futebol português. O Sporting chegou a acordo com o holandês Frank Rijkaard, mas houve um atraso na inscrição, e Rijkaard não chegou a jogar pelo clube leonino. 

Jorge Gonçalves antecedeu Sousa Cintra na liderança do clube de Alvalade.

Era despachante oficial em Angola, país onde se radicou há alguns anos. O funeral deverá ter lugar em Luanda.