A exposição LEVE, que vai apresentar o design contemporâneo português no Brasil, a partir desta quarta-feira, é um “primeiro passo” no desenvolvimento das relações entre os países, no contexto da produção do setor, segundo a organização.

A comissária do Ano do Design Português, Guta Moura Guedes, afirmou que as relações com o Brasil são “de extrema importância para Portugal” e que a opção de mostrar o design português no país tem o objetivo de comunicar “internacionalmente as competências e a forma de inovar”, do desing português.

No Brasil vão estar 31 peças de 27 profissionais portugueses, na exposição LEVE, durante a São Paulo Design Week, a decorrer até ao próximo domingo.

A mostra, organizada em parceria com o MADE – Mercado. Arte. Design, de São Paulo, tem curadoria dos galeristas Guilherme Braga da Cruz e Diana Sequeira, e é comissariada por Guta Moura Guedes, dentro da programação do Ano do Design Português. Esta é a primeira vez que uma representação expressiva do design português, na área do design de produto, é feita no Brasil, segundo os organizadores.

Entre os autores das peças estão profissionais conhecidos por produzirem novas ideias, com Fernando Brízio e Marco Sousa Santos, e jovens talentos, como Toni Grilo e Rui Alves, conforme destaca a organização. Brízio terá duas peças presentes na mostra, o banco “Pata Negra” e as taças “Elefante”, assim como Sousa Santos, com as cadeiras “Barca” e “Shell”.

A abordagem dos participantes é diversificada e inclui desde uma natureza conceptual e artística, como “14 Ways of Replacing a Table Leg”, de Ana Rita António, até projetos precisos ligados à indústria, como a mesa “Colombo”, de Gonçalo Campos.

Também possuem peças selecionadas os autores João Valente, Ana Relvão, Daniel Caramelo, Manuel Amaral Netto e Vítor Agostinho, entre outros.

O nome da exposição, LEVE, tem um duplo sentido, segundo os organizadores: representa tanto a aparente ligeireza dos objetos como um convite ao público para que “leve” consigo os produtos ou a memória sobre eles.

A São Paulo Design Week entra este ano na sua quarta edição, como o maior festival do setor, na América Latina, a promover o design e suas conexões com temas como arquitetura, arte, decoração, urbanismo, inovação, negócios e inclusão social.

O Ano Português do Design 2014/15 é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura e do Ministério da Economia do Governo português, e termina a 30 setembro.