A obra “La Coiffeusse”, da autoria de Picasso e avaliada em mais de 13,4 milhões de euros, foi entregue à embaixada francesa em Washington catorze anos depois de ter sido roubado ao Museu Nacional de Arte Moderna de Paris, conta o Telegraph.

O quadro foi encontrado num contentor de navio com a etiqueta “Artesanato, 30 euros, Feliz Natal”, de acordo com a CNN. O contentor com a pintura de óleo sobre tela do cubista espanhol havia chegado da Bélgica e atracado nos Estados Unidos em dezembro.

Já desde janeiro que o quadro tinha sido identificado por dois especialistas parisienses representantes do museu, mas apenas agora pode regressar ao local de onde tinha desaparecido. De acordo com o ABC, a polícia não prendeu nenhum responsável pelo crime.

“La Coiffeusse” foi pintado em 1911. Durante longos anos pertenceu a Ambroise Vollard, um vendedor de obras de arte amante do trabalho de Picasso e que o promoveu durante o século XX. Depois disso seguiu para a French art collector,que doou a obra à coleção Centro Georges Pompidou em 1967. Só então foi entregue ao Museu Nacional de Arte Moderna de Paris.