O Governo espanhol enviou este sábado ao Congresso, o parlamento espanhol, a ordem de trabalhos do plenário da próxima terça-feira, no qual será debatido o acordo de um terceiro resgate à Grécia, refere a agência Efe. De acordo com a convocatória do Governo de Mariano Rajoy, à qual a agência espanhola teve acesso, essa sessão plenária permitirá “fornecer transparência em torno do processo” e enfatizar o compromisso da Espanha com a integração europeia.

O documento foi enviado esta manhã, depois de o executivo espanhol ter solicitado formalmente, na sexta-feira à noite, a realização do plenário da próxima terça-feira, 18 de agosto, na sequência do acordo alcançado entre Atenas e o Eurogrupo. O presidente do executivo espanhol, Mariano Rajoy, tinha anunciado que o Governo pretendia solicitar a realização desse plenário no Congresso para debater o terceiro resgate à Grécia, embora não estivesse obrigado a fazê-lo.

O formato do plenário é semelhante ao de um debate sobre o Estado da Nação, uma vez que o Governo envia a comunicação prévia, apresenta-a em plenário e os grupos parlamentares poderão apresentar as propostas de resolução que considerem pertinentes para ser votadas.

Os ministros das Finanças da zona euro chegaram na sexta-feira a acordo em Bruxelas para um terceiro plano de ajuda financeira à Grécia. O terceiro programa de assistência financeira no valor de 86 mil milhões de euros até 2018 é um novo de balão de oxigénio para o país para cumprir as suas obrigações financeiras a tempo, para sanear a sua economia em troca de ajustes e reformas difíceis nos próximos anos.

O primeiro desembolso do terceiro plano de ajuda à Grécia, alcançado pelos ministros das Finanças da zona euro, será de 26 mil milhões de euros, dos quais 10 mil milhões vão estar imediatamente disponíveis numa conta especial do fundo de resgate da zona euro para a recapitalização da banca grega.