O treinador do Sporting, Jorge Jesus, garantiu hoje que não enviou qualquer mensagem a jogadores do Benfica, antes da Supertaça portuguesa de futebol, que os ‘leões’ venceram por 1-0.

Após o triunfo sobre o Tondela (2-1), na primeira jornada da I Liga, Jorge Jesus disse que não tinha comentado a notícia do Correio da Manhã, que falava em mensagens enviadas aos jogadores ‘encarnados’ antes da Supertaça sobre o jogo, na antevisão da partida, porque tinha o foco no encontro de Aveiro.

“Hoje, depois de o jogo acabar, vou responder à pergunta. Essas mensagens não existem, se existem apresentem-nas, mostrem onde é que elas estão”, disse, em conferência de imprensa.

Para Jorge Jesus, este tema “é uma forma de poder mascarar a brilhante vitória do Sporting na Supertaça, tentar branquear um começo de época não muito bom”.

“Mas os adeptos do Benfica não são parvos. Ponto final em relação a essa questão das mensagens, porque se há mensagens que tenham a ver comigo em relação a algum jogador do Benfica dentro do conteúdo que estão a falar, mostrem as mensagens”, disse Jesus, que treinou as ‘águias’ nas últimas seis temporadas.

Jesus disse ainda que pode “mostrar algumas dos jogadores do Benfica”, mas “de amizade, nada a ver com o jogo”.

“Foram seis anos que trabalhámos juntos, há muita amizade entre mim e os jogadores do Benfica, foi muito tempo com eles”, concluiu.