Um pequeno engenho explosivo rebentou esta terça-feira perto de uma estação de comboios no centro da capital da Tailândia, mas sem provocar mortos ou feridos, anunciou esta terça-feira a polícia tailandesa.

Segundo as autoridades, o explosivo foi atirado para um canal e acabou por explodir perto de uma agitada estação de comboios em Banguecoque, perto da Embaixada de França e de dois hotéis de luxo.

As autoridades garantem que desta explosão não resultaram feridos ou mortos, e que está em curso uma investigação para determinar que tipo de explosivo foi usado.

Esta explosão acontece um dia depois de um sangrento ataque a um templo religioso frequentado por budistas, hindus e sikh, mas também muito procurado pelos turistas da capital tailandesa. O ataque provocou pelo menos 20 mortos e mais de 100 feridos.

As autoridades continuam a investigar o caso e já foi libertada uma imagem de um jovem vestido de amarelo que será até agora o principal suspeito pelo bombardeamento, depois de as imagens o captarem a transportar uma mochila que desaparece a determinada altura.