Dois homens afirmam ter encontrado um comboio nazi carregado de ouro e outros metais preciosos na Polónia, que alegadamente teria desaparecido no final da Segunda Guerra Mundial. Caso seja confirmado, o aparecimento do comboio lendário irá colocar um ponto final a 70 anos de rumores sobre a sua existência, revela o Telegraph.

Os dois indivíduos – de nacionalidade polaca e alemã – assinaram um documento na cidade de Walbrzych, na Polónia, que alega o aparecimento do comboio nazi. Segundo as duas testemunhas, o veículo será blindado, terá cerca de 150 metros de comprimento, plataformas de transporte de armamento e uma carga constituida por “metais preciosos”. Ao abrigo da lei polaca, é permitido a quem encontra este tipo de tesouros ficar com 10% do seu valor.

“Advogados, o exército, a polícia e o corpo de bombeiros estão a tratar da situação”, revelou Marika Tokarska, uma oficial da região de Walbrzych, à agência Reuters. “Esta área nunca foi escavada antes e não sabemos o que podemos encontrar”, afirmou.

A lenda refere que, no final da II Guerra Mundial, aquando da chegada do Exército Vermelho, o exercito nazi carregou um comboio com ouro e outros tesouros na cidade de Wroclaw e enviou-o para o sudoeste da Polónia. O comboio terá desaparecido junto à atual fronteira entre a República Checa e a Polónia.