O mundo é tão bonito, e eu tenho tanta pena de morrer!

É a penúltima frase da carta que José Saramago escreveu à avó Josefa em 1968 e que foi publicada no jornal A Capital. Falava sobre como a beleza do mundo estava nas coisas que não compreendemos. E em como o tempo se esgota antes que as possamos entender.

Cinco oceanos, sete continentes, mais de 510 milhões de quilómetros quadrados constituem o planeta Terra. E há sítios que merecem ser vistos antes que o tempo acabe. O ponteiro já se ouve – tic, tac, tic, tac – e ainda há 25 lugares que não se pode esquecer de visitar antes de morrer. Por onde vai começar? Escolha na fotogaleria.

Texto editado por Sara Otto Coelho