Deu à costa a mensagem dentro da garrafa mais antiga do mundo. Depois de viajar pelo mar durante 109 anos, foi apanhada em abril por uma mulher, Marianne Winkler, que se encontrava de férias na ilha alemã de Amrum, refere a Euronews. A mensagem era dirigida à Associação de Biologia Marinha do Reino Unido (MBA), e terá sido atirada ao mar do Norte (no Oceano Atlântico) entre 1904 e 1906 pelo presidente da MBA, George P. Bidder.

Aberta a garrafa, a mensagem guardada pedia a quem a encontrasse que a devolvesse à MBA – e assim Marianne Winkler o fez. De acordo com a associação localizada em Plymouth, no sul do Reino Unido, a mensagem fazia parte de um conjunto de 1.000, libertadas para fins de investigação marinha.

A devolução da garrafa merecia uma recompensa, que Marianne Winkler recebeu: um xelim. A MBA encarregou-se de cumprir a promessa enviando um exemplar da antiga moeda britânica a Marianne.