No dia do seu aniversário, o tajiquistanês Isayev Amirbek publicou no Facebook fotografias suas num café, onde celebrava a ocasião com o tradicional bolo de anos. Mas para além de recordações, as imagens eram a prova de que tinha infringido uma lei do Tajiquistão que proíbe a celebração de aniversários em público.

O artigo 8.º da lei “Sobre a regulação de tradições e costumes na República do Tajiquistão” prevê a proibição de festas de aniversário, exceto quando celebradas na privacidade da família. Isayev pagou uma multa de 4.000 somonis (o que corresponde a cerca de 547 euros), refere a BBC.

Mas Isayev ainda se tentou defender para se desviar da multa que foi obrigado a pagar. Em tribunal, apesar de confirmar que esteve naquele café no dia do seu aniversário, afirmou que a decisão de comprar o bolo foi espontânea e a festa não se tratou de um evento planeado com antecedência. “De alguma maneira, o bolo apareceu à sua frente. Ninguém o felicitou pelo seu aniversário”, afirmou um empregado do cafe ao tribunal. Mesmo assim, a sua explicação não foi aceite pelo juiz.