Era para ser em março, depois maio, por fim a meio do verão. Não foi em nenhuma dessas alturas, mas é agora: a loja chinesa no antigo Cinema Londres abre as portas ao público na próxima terça-feira, 1 de setembro. A informação foi dada ao Observador por uma das empresárias responsáveis pelo novo espaço, Chunjie Ye.

No Londres Shopping, – assim se chamará a futura loja -, decorrem neste momento os últimos trabalhos. Apesar de a porta em vidro estar coberta de papéis, é possível ver que, no interior, já estão muitos produtos expostos. Além disso, do lado direito, vê-se uma plataforma para cadeira de rodas que demorou muito tempo a chegar e que terá sido, em parte, responsável pelo atraso na abertura.

Chunjie Ye está entusiasmada com o novo espaço comercial, que, voltou a prometer, será diferente das lojas chinesas habituais. Em março, numa outra conversa com o Observador, a empresária tinha dito que o Londres Shopping teria “mais variedade, mais qualidade [e coisas] mais bonitas”, num conceito mais parecido com um supermercado do que com uma loja oriental.

Consuma-se, assim, o fim da aventura. O Cinema Londres deixou de exibir filmes em fevereiro de 2013. Depois, a empresa que o explorava, a Socorama, abriu falência e ficou definitivamente afastada a hipótese de as telas do Londres voltarem a ser usadas. O arrendamento aos empresários chineses deu-se em dezembro daquele ano. O ano de 2014 ficou marcado por protestos de movimentos associativos que tentaram várias soluções para que o Londres não deixasse de ser um cinema.