O secretário-geral do PCP defendeu hoje que o que está em causa nas legislativas de 04 de outubro é ou “insistir no trajeto ruinoso seguido ora pelo PS ora pelo PSD e CDS” ou abrir “um caminho novo”.

Jerónimo de Sousa, que falava na Quinta da Atalaia, Seixal, perante trabalhadores que preparam o recinto para a Festa do Avante, pediu um reforço da votação da CDU nas eleições de 04 de outubro.

“Aquilo está em causa nas eleições de 04 de outubro é a escolha entre dois caminhos: ou insistir no trajeto ruinoso da política seguida ora pelo PS ora pelo PSD e CDS ou abrir um caminho novo, a construção de uma política alternativa patriótica e de esquerda com o reforço da CDU para que a CDU pese mais para que esse caminho novo, para que essa alternativa se afirme”, disse.

Jerónimo de Sousa deixou ainda críticas aos que defendem uma maioria absoluta saída das próximas eleições legislativas e afirmou que sempre que isso aconteceu “nunca houve foi estabilidade na vida das pessoas”.