A circulação na autoestrada 13, que tinha sido cortada às 15h40 devido a um incêndio em Almalaguês, no concelho de Coimbra, já foi retomada no sentido norte-sul, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

O incêndio em Almalaguês continua com duas frentes ativas e está a ser combatido por mais de 500 operacionais, informa a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) na página na Internet.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra disse à Lusa que a circulação foi retomada no sentido norte-sul da autoestrada 13, mas continua condicionada no sentido sul-norte, entre os nós de Ceira (Coimbra) e de Condeixa-a-Nova.

Ao todo, estão 576 operacionais no terreno, apoiados por 177 veículos.

De acordo com informações do Centro Distrital de Proteção Civil  (CDOS) de Coimbra a meio da tarde, os bombeiros tentavam evitar que o incêndio destruísse 30 a 40 casas da aldeia do concelho de Coimbra. Ao Observador, fonte do CDOS de Coimbra garantiu que “não estão habitações em risco”, mas que a “principal preocupação” era a de proteger as casas da aldeia. Além desta aldeia, há outra nas proximidades, Castelo Viegas, que está a ser protegidas pelos bombeiros.

A TVI 24, que avançou com a notícia, dá conta que o fogo cercou a aldeia de Vale de Cabras e tem imagens do incêncio perto de habitações, que ficam em  pleno vale do Ceira.

Notícia atualizada às 22h47