O primeiro-ministro britânico viaja na sexta-feira para Portugal e Espanha para debater com os seus homólogos português e espanhol, Pedro Passos Coelho e Mariano Rajoy, respetivamente, as reformas da União Europeia, divulgou hoje o executivo britânico.

O gabinete de Passos Coelho confirmou à Lusa que o encontro com David Cameron irá decorrer na sexta-feira de manhã.

Após a passagem por Lisboa, Cameron segue para Madrid onde vai reunir-se com Mariano Rajoy, segundo Downing Street (residência oficial e o escritório do primeiro-ministro britânico).

O primeiro-ministro britânico procura o apoio dos parceiros comunitários para as reformas que defende para o bloco europeu, em matérias como imigração ou justiça, antes de convocar, possivelmente em 2016, um referendo sobre a permanência ou saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

Cameron também defende um maior poder dos Parlamentos nacionais e um reforço da competitividade da economia europeia.

Uma porta-voz de Downing Street, citada pela agência espanhola EFE, afirmou hoje que Cameron tem sido “claro” sobre as reformas que pretende para o bloco comunitário.

“As conversações técnicas sobre estes assuntos estão agora em curso e enquanto estas negociações decorrem, [Cameron] vai continuar o diálogo com os seus parceiros, como vai acontecer em Portugal e em Espanha na sexta-feira, de forma a garantir as reformas que respondem às preocupações da população britânica”, disse a porta-voz.

A imigração é um dos assuntos que mais preocupam David Cameron, que após a vitória do Partido Conservador nas eleições gerais de maio último prometeu aplicar fortes medidas para reduzir a entrada de estrangeiros.

O executivo britânico pretende apresentar no Parlamento antes do final do ano um projeto-lei para combater a imigração ilegal, prevendo medidas, entre outras, como a confiscação dos salários dos imigrantes que estejam em situação irregular.