Miyuki Harwood, uma alpinista norte-americana de 62 anos foi encontrada com vida nas montanhas da Sierra Nevada, na Califórnia. A alpinista, que viajava sozinha, desapareceu dia 21 de agosto, levando a que os seus colegas alertassem as autoridades, informa a BBC. Miyuki terá sido encontrada após ter soprado um apito que levava consigo, alertando uma equipa de salvamento para a sua presença.

Foram efetuadas buscas no terreno a pé, de helicóptero e com drones. Contudo, durante nove dias, as equipas não conseguiram localizar a alpinista. Miyuki foi encontrada no sábado com alguns ossos partidos, mas estava consciente e “muito agradecida” por ter sido resgatada.

“Ela estava mesmo a chegar ao fim do período de tempo em que pensávamos que poderia sobreviver”, contou Rusty Hotchkiss, um patrulha de voo local. A alpinista terá ouvido a aproximação de um grupo de salvamento. “Ela ouviu-os a falar, ouviu as vozes e agarrou um apito que tinha consigo. [O som] alertou a [equipa de salvação] para que a resgatassem”, referiu o patrulha.

Não tendo consigo comida ou água, para conseguir sobreviver, Miyuki Harwood, terá “rastejado” durante dois dias até chegar a um riacho. Utilizou um filtro de água para beber. Após ter sido encontrada, foi levada para um hospital para receber tratamento.