Um total de 3.650 migrantes que tinha partido de comboio de Budapeste chegou na segunda-feira a Viena, um recorde este ano para um só dia, anunciou hoje a polícia austríaca. As autoridades húngaras tinham na segunda-feira autorizado a partida de comboio dos migrantes, apesar de muitos deles não terem vistos.

“Estamos agora a verificar quantos deles são requerentes de asilo”, declarou à Agência France Press (AFP) o porta-voz da polícia austríaca, Patrick Maierhofer.

Um total de 3.650 migrantes que tinha partido de comboio de Budapeste chegou na segunda-feira a Viena, antes de finalmente os deixarem partir. Um grande número passou a noite na estação de comboio Westbahnhof, em Viena, à espera de poder seguir viagem em direção à Alemanha, que na semana passada flexibilizou as condições para a concessão do estatuto de refugiado aos sírios que fogem para o seu país.

Outros migrantes, a maior parte desprovida de visto, conseguiram entrar num comboio com destino à cidade austríaca de Salzburgo, enquanto outros partiram para Munique, no sul da Alemanha.Um comboio proveniente da capital da Hungria com cerca de 400 migrantes a bordo chegou na noite de segunda-feira à Baviera.