O Templo de Bel na cidade histórica de Palmira foi totalmente destruído. A confirmação foi feita esta terça-feira pela Organização das Nações Unidas (ONU) através de uma imagem de satélite. O templo, com mais de 2.000 anos, era o monumento central do complexo e foi destruído pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI) através de explosivos. Existem na Síria e Iraque outros locais que se encontram em perigo de destruição.

O Washington Post fez um levantamento e concluiu que dos dez locais Património da Humanidade na Síria e Iraque, nove estão em risco ou já foram parcial ou totalmente destruídos. As ameaças não se prendem apenas com o vandalismo levado a cabo pelos jihadistas do EI, mas também com a guerra civil que despoletou no início de 2011 na Síria. Os nove locais – listados abaixo – podem ser conhecidos na fotogaleria.

  1. Palmira (Síria)
  2. Hatra (Iraque)
  3. Ashur (Iraque)
  4. Aleppo (Síria)
  5. Cidades Mortas” (Síria, noroeste)
  6. Samarra (Iraque)
  7. Krak dos Cavaleiros (Síria)
  8. Damasco (Síria)
  9. Bosra (Síria)

Screen Shot 2015-09-01 at 09.08.01