A organização Save the Children produziu um vídeo para sensibilizar as pessoas para o drama humanitário que está a assolar a Europa e para a necessidade de ajudar as 11 milhões de pessoas que foram obrigadas a fugir de sua casa na Síria.

“Lá porque isto não está a acontecer aqui, não quer dizer que não esteja a acontecer”, lê-se no final dos quase três minutos de vídeo.

Com recurso a câmaras escondidas e a atores, a organização simulou situações que recriam a realidade de muitos refugiados nos países de origem: escolas fechadas, supermercados sem alimentos, impossibilidade de aceder a cuidados de saúde. O caos instalou-se e a reação das pessoas foi filmada, sem saberem que se tratava de uma simulação.

No final do vídeo, surge um número de telemóvel para onde se pode enviar um sms e fazer um donativo de 5 libras (6,80 euros) para ajudar a salvar as crianças sírias. A pergunta ecoa e é impossível ficar indiferente: e se isto acontece aqui? E se isto acontecesse a si?