No mundo dos desenhos animados ninguém envelhece. As travessuras não têm idade, por isso os seus protagonistas também não precisam de crescer: Tom e Jerry vão sempre andar às turras e Bugs Bunny será sempre ser um coelho atrevido.

Isto é válido nos ecrãs da televisão, mas não para o russo Andrew Tarusov. Este ilustrador decidiu imaginar como seriam os desenhos animais se o tempo passasse por eles. “Cada um deles teve uma existência longa e complicada” e isso é visível nestas imagens. Porque a verdade é que todos escondem histórias tristes nas rugas.

No Facebook do artista, ele explica como imagina o final das personagens da Looney Tunes e da Disney. Por exemplo, o Pateta não conseguiu seguro de vida e acabou desgraçado na rua. O amor de Daisy pelo pato Donald não durou até ao fim da vida e acabaram separados. E Tom e Jerry estão mesmo muito doentes.

Entre imagens de pin-up atrevidas e princesas da Disney em poses sugestivas, Andrew Tarusov demonstra o que aprendeu nos 10 anos em que viveu no mundo da arte e da animação. A sua criatividade é de tal modo reconhecida que trabalha frequentemente com marcas como a Cosmopolitan ou a Rolling Stone. Pode encontrar mais criações do russo no site do autor e nas redes sociais – Twitter e Instagram.