A polícia britânica deteve 299 suspeitos de terrorismo no último ano acabado em março, uma subida de 31% sobre o período homólogo, e o número mais alto desde que há registos destas detenções, informou o Ministério do Interior.

O número de detidos entre março de 2014 e março deste ano é mais alto que o de 2005, ano em que as forças da autoridade detiveram 285 pessoas suspeitas de terrorismo, em muitos casos relacionados com os atentados de Londres, em 7 de julho desse ano, nos quais morreram 56 pessoas.

De acordo com o Ministério do Interior britânico, citado hoje pela agência espanhola Efe, a maior parte da subida do número de detenções aconteceu nos últimos três meses do ano passado, coincidindo com a crescente ameaça dos terroristas do Estado Islâmico.

Desde os atentados terroristas de setembro de 2001, já foram detidos 3 mil suspeitos, acrescentou o ministério, notando que “houve uma subida inicial no número de detenções depois dos ataques de 11 de setembro contra os Estados Unidos e quando começou a invasão norte-americana do Afeganistão (2001)”.