A produção de veículos automóveis em Portugal caiu 3,6% nos primeiros oito meses deste ano face ao período homólogo, informou a Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

Em comunicado emitido, a ACAP indica que, entre janeiro e agosto deste ano, foram produzidos 107.341 veículos automóveis, ou seja, menos 3,6% do que nos mesmos meses do ano passado, um decréscimo “exclusivamente determinado pela quebra da produção de veículos comerciais ligeiros”.

Do total de veículos produzidos, 103.278 destinaram-se à exportação, o equivalente a 96,2% da produção total. Face ao período homólogo, isto corresponde a uma redução homóloga de 4% na exportação.

Nos primeiros oito meses do ano, a Alemanha absorveu 26,6% dos veículos exportados por Portugal, seguindo-se Espanha (13,8%) e o Reino Unido (10%).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Considerando apenas o mês de agosto, foram produzidos 4.323 veículos automóveis, o que significa mais 63,6% do que no mesmo mês de 2014.

Em agosto, houve uma variação positiva na produção de todos os tipos de veículos, destacando-se a de automóveis ligeiros, que cresceu 91,9% em termos homólogos, seguindo-se a produção de veículos pesados e a de veículos comerciais ligeiros, que aumentaram 60% e 28,9%, respetivamente.