O sétimo filme da saga Star Wars vai voltar a ser filmado na remota e inabitada ilha irlandesa Skelling Michael. Segundo conta o The Guardian, esta decisão tem gerado alguma controvérsia pelo impacto que as filmagens podem ter na vida selvagem local. A Ministra irlandesa Heather Humphreys confirmou o regresso das equipas de filmagem e afirmou que “Skelling Michael é uma das ilhas mais bonitas que temos e é muito fácil de compreender porque captou a atenção de uma das maiores empresas cinematográficas do mundo. O regresso de Star Wars é mais uma vitória para a Irlanda e para a indústria cinematográfica irlandesa.”

A organização não-governamental irlandesa, An Taisce, expressou, no entanto, algumas preocupações sobre o impacto que a rodagem do filme pode ter na pequena ilha: “Skelling é muito frágil, é património mundial. É uma enorme reserva de aves com ninhos desenvolvidos no solo.” A organização especifica que os voos de helicópteros podem perturbar o comportamento das aves.

Mas o filme “Despertar da Força”, com estreia marcada para dia 17 de dezembro, está também a dar que falar por outras razões. É que o famoso robot C-3PO vai ter um novo visual. Esta mudança pode chocar os fãs mais sensíveis da saga realizada por George Lucas: a Marvel, editora responsável pelo desenho das personagens do novo episódio, anunciou, através de um comunicado, que o C-3PO vai ter um braço encarnado. Esta situação obrigou mesmo o escritor desta nova obra, James Robinson, e citado pelo ABC, a reagir afirmando que “esta é uma parte muito emocionante para se fazer nesta história. No outro dia vi uma fotografia de C-3PO com um braço vermelho e pensei ‘Wow, eu sou o autor e tenho que conseguir explicar isto'”.

De polémica em polémica e de mudança em de mudança, a verdade é que, a 4 meses da estreia, o Star Wars – Despertar da Força já está nas bocas do mundo.