437kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Morreu a atriz Delfina Cruz

Este artigo tem mais de 5 anos

A atriz lutava há vários meses contra um cancro da mama. A notícia foi dada pelo amigo de longa data Daniel Martins. Delfina Cruz tinha 69 anos.

Delfina Cruz começou a carreira de atriz no Parque Mayer, em Lisboa
i

Delfina Cruz começou a carreira de atriz no Parque Mayer, em Lisboa

Delfina Cruz começou a carreira de atriz no Parque Mayer, em Lisboa

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Delfina Cruz morreu na passada terça-feira em Paris, França. A atriz de 69 lutava há vários meses contra um cancro da mama. A notícia foi avançada pelo relações públicas Daniel Martins, amigo de longa data, através da sua página do Facebook.

Há cerca de um ano e meio que a atriz lutava contra o cancro, doença que, por opção própria, nunca chegou a tornar pública. Estava internada em Paris, cidade para onde terá ido para recuperar “não só da doença como da desilusão da vida”.

Morreu a minha melhor amiga .Uma companheira de todos momentos .Nos últimos anos tiveste presente SEMPRE. Partiste em...

Posted by Daniel Martins on Friday, 11 September 2015

Delfina Cruz nasceu a 3 de maio de 1946. Começou a carreira de atriz na década de 1960 no Parque Mayer, em Lisboa. Passou pelo cinema, mas foi através da televisão que se tornou conhecida da maioria dos portugueses. A última temporada da série Morangos com Açúcar e a telenovela Remédio Santo, da TVI, foram os últimos projetos televisivos em que participou.

O velório irá realizar-se na terça-feira, às 17h, na Basílica da Estrela, em Lisboa. O funeral está marcado para o dia seguinte, pelas 10h30, no cemitério do Alto de São João.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.