O grupo de “Cidadãos contra o Acordo Ortográfico de 1990” vai concentrar-se este sábado, a partir das 14h30, no Largo do Chiado, seguindo depois para a Assembleia da República, onde está prevista uma manifestação de protesto.

O objetivo, disse à agência Lusa Artur Magalhães Mateus, porta-voz da comissão executiva da iniciativa “apartidária e em defesa da língua portuguesa”, é promover um referendo sobre o Acordo Ortográfico. “O objetivo é dar visibilidade ao ativismo contra o Acordo e alertar as forças políticas de que a iniciativa existe e que deve ser viabilizada”, defendeu o responsável.

A manifestação está a ser divulgada através das redes sociais e é da responsabilidade do grupo do Facebook “Cidadãos contra o “Acordo Ortográfico” de 1990″ criado há dois anos na internet e que defende a realização de um referendo, para o qual já recolheu 15 mil assinaturas, indicou o porta-voz.

Segundo o responsável, “quando for concluída a recolha de 75 mil assinaturas em papel, terá de haver obrigatoriamente uma votação da iniciativa no parlamento”. Indicou ainda que durante a manifestação serão recolhidas assinaturas para a iniciativa do referendo.