O grupo espanhol CaixaBank terá indicado ao Banco de Portugal que pode estar interessado em comprar o Novo Banco, caso a venda do banco não se concretize no processo atual e seja aberta nova fase de candidaturas, avança o Diário Económico.

O jornal, que noticiou na semana passada a intenção do Banco de Portugal e do Governo de cancelar o processo de venda, diz que o grupo espanhol, que é um dos maiores acionistas do BPI, está a analisar a possibilidade de comprar o Novo Banco, contemplando um cenário de fusão com o banco liderado por Fernando Ulrich.

O processo de venda pode ser adiado para depois de serem conhecidos os resultados dos testes de stress ao Novo Banco, que colocariam um valor nas necessidades de capital do banco, que têm sido dos principais entraves neste processo de venda.

No entanto, as negociações com os interessados ainda decorrem. Depois de os chineses da Anbang não terem chegado a acordo com o Banco de Portugal, resta a segunda e a terceira melhor candidatura, dos chineses da Fosun e dos americanos da Apollo, respetivamente.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR