Depois da conquista da Premier League na época passada, esta época o Chelsea, de José Mourinho, tem tido um início de campeonato complicado, com derrotas inesperadas.

O que tem não tem deixado os adeptos (nada) satisfeitos. Quem pareceu divertido com a performance  da equipa do pai foi José (Mário) Mourinho Jr. que postou na sua conta de Twitter uma corrente de emojis – o do bonequinho a  “chorar a rir” ?  – no mínimo, irónica.

José (Mário) Mourinho Jr. publicou o tweet, minutos depois de Steven Naismith ter feito um  hat-trick contra os azuis, uma proeza que fechou o resultado da partida.

Os simpatizantes do Chelsea, rapidamente se deram conta da  publicação do filho do treinador, e exigiram explicações. Como resposta, o filho de  Mourinho apagou o controverso tweet quase com a mesma rapidez.

E  explicou que o “riso até às  lágrimas” – o significado do emoji que repetiu 15 vezes, como mostra o The Telegraph – não se deveu ao terceiro golo, nem à derrota do Chelsea.

José  Mourinho Jr. justificou a destruição do tweet em questão desta forma:

Apaguei o tweet porque as pessoas pensaram que era dirigido ao jogo do meu pai,
eu não conhecia o resultado do jogo antes deste ter terminado,
vocês precisam de pensar mais antes de me insultarem e pensarem que me estava a rir do meu próprio pai,
se  não gostam dos meus tweets, não me sigam,
se não gostam de mim  não me sigam, é  muito fácil,
arranjem uma vida…

https://twitter.com/FFC_JM/status/642700862582857729