Depois da correria em abril, há nova oportunidade para conhecer as Galerias Romanas escondidas sob a Rua da Prata, na Baixa de Lisboa. A segunda e última abertura do ano acontece entre 25 e 27 de setembro. A entrada é gratuita, mas agora não basta ir cedo e esperar pela sua vez.

Pela primeira vez, só se poderão fazer as visitas guiadas após marcação prévia, para o número 218 172 505, ou para o endereço de email museudelisboa@cm-lisboa.pt. De acordo com a página da Câmara Municipal de Lisboa, as inscrições abriram esta segunda-feira.

A entrada faz-se, como sempre, pelo número 77 da Rua da Conceição, sexta-feira, sábado e domingo entre as 10h00 e as 18h00. Com o novo método, a ideia é “permitir ao público interessado a visita ao monumento sem o incómodo das longas filas de espera”, explicou o Museu de Lisboa ao Observador.

As Galerias Romanas estão habitualmente inundadas. Para que portugueses e turistas as possam visitar, é preciso que os bombeiros retirem a água, façam instalações de luz e transformem as Galerias num museu quase natural.

Descobertas em 1771, durante a reconstrução da cidade de Lisboa, na sequência do grande terramoto de 1755, o arqueólogo António Marques calcula que estas Galerias tenham sido construídas no século I.