A Croácia vai permitir a livre passagem de migrantes pelo seu território, disse o primeiro-ministro croata, Zoran Milanovic.

“Eles (os migrantes) poderão passar pela Croácia e estamos a trabalhar nisso (…). Estamos dispostos a aceitar estas pessoas, seja qual for a sua religião ou cor da pele, e a encaminhá-las para onde querem ir, a Alemanha e a Escandinávia”, disse o primeiro-ministro numa sessão no parlamento.

Um primeiro grupo de cerca de 150 migrantes entrou hoje na Croácia proveniente da Sérvia, depois de a Hungria ter selado a sua fronteira.

“Estas pessoas estão aqui (…), mas não querem vir para a Croácia nem para a Hungria e eu não vejo qual é o problema de as deixar passar”, acrescentou Milanovic.

“Não aprovo a política de Budapeste e considero-a prejudicial e perigosa. A construção de muros não vai parar ninguém e envia uma mensagem horrível”, insistiu, referindo-se à vedação de arame farpado construída pela Hungria ao longo dos 175 quilómetros de fronteira com a Sérvia.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR