A Direção Nacional da PSP adiantou que o homicídio ocorreu cerca das 00:40 de hoje, à porta do Lar Família Nossa Senhora da Esperança, no Bombarral.

O alegado homicida, de 54 anos, de quem a vítima estava separada desde junho deste ano, esperou que a ex-companheira saísse do trabalho para a esfaquear. Depois, colocou-a na bagageira do carro e dirigiu-se à esquadra da PSP das Caldas da Rainha, onde se entregou, explicou a fonte.

As autoridades chamaram os bombeiros, que transportaram a vítima ao hospital local, onde já chegou sem vida. De acordo com a mesma fonte, já existiam antecedentes de violência doméstica entre o casal.

O presumível homicida foi detido e está sob a alçada da Polícia Judiciária.