Será que vivemos acima das nossas possibilidades? Trabalhamos o suficiente? Ganhamos o suficiente para levar a vida que queremos? Estas são das perguntas que mais se discutem nos dias de hoje em Portugal e no mundo. A empresa suíça de serviços financeiros fez outra pergunta: quantas horas temos de trabalhar para comprar um Big Mac, um quilo de pão, um quilo de arroz ou um iPhone6? A UBS pergunta, a UBS responde.

A empresa suíça elaborou um estudo baseado nas salários médios líquidos por hora nas cidades selecionadas, com o objetivo de comparar preços e rendimentos de 71 cidades de todo o mundo. O documento compara os preços de produtos disponíveis em todo o mundo e que tenham a mesma qualidade e características em qualquer país. O preço e os rendimentos das populações é que variam. Lisboa está ali no meio da lista. Ou seja, nem muito nem pouco. Por exemplo, um cidadão de Kiev tem de trabalhar quase 7,5 vezes mais do que um lisboeta para comprar o tão ambicionado iPhone6. E um lisboeta tem de trabalhar mais do dobro do que um cidadão de Zurique para comprar um quilo de pão. Ora vejamos:

1 kg de pão

Para ir diretamente ao caso português, os lisboetas precisam de 16 minutos de trabalho para levar uma sacola de pão para casa. Já os habitantes de Nairobi, capital do Quénia, e a cidade onde é preciso trabalhar mais para comprar este produto, têm de trabalhar 44 minutos. Já em Zurique bastam 5 minutos de trabalho. Na vizinha Madrid são 13 minutos, e na irmã Rio de Janeiro, 18 minutos.

1 kg de arroz

Para se ir buscar arroz, em Lisboa, é preciso trabalhar 8 minutos. Nairobi é, outra vez, a cidade onde se tem de trabalhar mais: 62 minutos. Por outro lado, Oslo é, ao lado de Genebra, a cidade onde se trabalha menos para comprar este bem. São precisos 4 minutos de trabalho. Os madrilenos trabalham menos um minuto do que os “alfacinhas”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Um Big Mac

Para se comer o hambúrguer mais famoso do mundo é preciso trabalhar 22 minutos na capital portuguesa. Mais do dobro do tempo de trabalho em Hong Kong. Aí são precisos 9 minutos de trabalho. Nairobi está outra vez no topo da lista. São necessários 173 minutos. Quase três horas.

Um iPhone 6 (com 16GB)

Se quer ficar agarrado a este smartphone da Apple, tem que trabalhar 88,6 horas. Isto se viver em Lisboa. Se vivesse em Zurique só tinha de trabalhar 20,6 horas. Aqui, Kiev ultrapassa Nairobi como a cidade onde são precisas mais horas de trabalho: 627,2 horas. Cerca de 26 dias. Ou se preferir, quase 4 semanas. Ou quase um mês.

Fontes: UBS/Euronews

Fontes: UBS/Euronews