Fotografia

Série Noire: quando a alma se grava nos rostos

193

Estas são as faces das emoções. Entre olhos expressivos e sorrisos reveladores, André Alessio encontrou os estados de espírito de gente tímida. Agora, mostra-os ao mundo.

ANDRE ALESSIO

Enquanto viajava por vários pontos do mundo, o fotógrafo francês André Alessio cruzou-se com estes rostos. Aconteceu entre barcos, campos e o pôr-do-sol. Volta e meia, cruzava-se com um sorriso rasgado ou uns olhos tristes e escolhia registá-los na máquina fotográfica. Foi assim que nasceu “Série Noire”, explica André ao Observador.

“Eles refletem uma emoção, algo que me toca. Quer seja um sorriso ou uma expressão triste, há uma intensidade, uma comunicação que eu adoro”, conta o fotógrafo francês natural de Montpellier. Mas o que mais agradou a André foi a reação dos retratados quando olharam para as suas fotografias. Sorriam sempre. “Ils sont souvent pudiqes, authentiques!” deixa escapar André em francês, para sublinhar a modéstia desta gente.

André Alessio segue agora para a Índia. Vai de novo em busca de rostos que falem por si, sem precisar de muitas palavras. Enquanto esperamos por essas novas emoções, explore outros trabalhos de André Alessio no site do artista e na fotogaleria.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)