Os tenistas João Sousa e Gastão Elias vão hoje tentar conquistar, nos seus encontros de singulares do ‘play-off’ com a Bielorrússia, o decisivo ponto que permita a Portugal subir ao Grupo I da Zona Europa/África da Taça Davis.

Depois de vencerem o encontro de pares de sábado e colocarem Portugal a liderar o confronto com a Bielorrússia por 2-1, Sousa e Elias voltam hoje ao ‘court’ do Clube de Ténis de Viana com a obrigação de ganharem, pelo menos, um dos dois encontros de singulares que se disputam a partir das 11:00.

O primeiro encontro da jornada vai opor os dois números um de cada país, ou seja, Sousa e Uladzimir Ignatik.

Caso o vimaranense não conseguia garantir a subida de Portugal ao Grupo I, caberá a Gastão Elias lutar pelo terceiro e decisivo ponto frente a Egor Gerasimov.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O ‘play-off’ de acesso ao Grupo I da Zona Europa/África da Taça Davis, entre Portugal e a Bielorrússia, decorre desde sexta-feira e termina hoje, no Clube de Ténis de Viana.

A seleção portuguesa, capitaneada por Nuno Marques, é composta por João Sousa, número um nacional e 48.º mundial, Gastão Elias (179.º), Rui Machado (254.º) e Frederico Silva (281.º).

A formação bielorrussa, orientada por Vladimir Voltchkov, é integrada por Max Mirnyi, 32.º do ranking mundial em pares e antigo número 18 ATP (2003), Uladzimir Ignatik (209.º), Egor Gerasimov (302.º) e Sergey Betov (739.º).