Perto de 3.000 pessoas, na maioria turistas, foram retirados hoje como medida de precaução das ilhas do leste de Taiwan que estão situadas na rota do tufão Dujuan, que atravessa o oceano Pacífico.

O tufão, acompanhado de ventos de 209 quilómetros a hora, encontrava-se hoje, às 6h00 horas GMT (7h00 horas em Lisboa), a 560 quilómetros ao sudeste de Taiwan e a 350 quilómetros da ilha de Ishigaki, no extremo sul do Japão.

“Está no limite superior de tempestades consideradas moderadas e nós não excluímos que possa se fortalecer”, disse à agência de notícias francesa AFP um porta-voz dos serviços meteorológicos de Taiwan.

Várias medidas foram tomadas pelas autoridades para evitar que pessoas sejam apanhadas pelo tufão, nomeadamente a suspensão de percursos das linhas férreas em algumas zonas, entre outras ações.