Vai ser um cruzeiro tão luxuoso que uma noite a flutuar neste barco de 56 mil toneladas vai custar 4655 euros. No mínimo. O “Regent Seven Seas Explorer” é a obra-prima que está a nascer na construtora Fincatiere, em Itália. Um monstro marinho repleto de exuberância que vai ser lançado ao Mediterrâneo a 20 de julho de 2016 a partir de Monte Carlo (Mónaco, onde mais?).

Com capacidade para 750 passageiros e espaço para mais 524 tripulantes, o “Regent Seven Seas Explorer” será o cruzeiro mais luxuoso do mundo. As imagens tridimensionais não escondem o investimento feito nas suites e restaurantes a bordo deste barco: há camas “California King”, candelabros nos salões, vistas esplêndidas nos restaurantes e vários espaços para espetáculos.

O Daily Mail foi o primeiro órgão de comunicação social a entrar no navio, que hoje ainda não passa de um esqueleto a caminho da sua glória. Caroline Hendrie começa por descrever as casas de banho na Suite Pentágono, onde há “um duche suficientemente grande para duas pessoas e um chuveiro que lança água em todas as direções”.

Todos os quartos vão ter tons azuis, tintos ou pastel, janelas panorâmicas e armários que, conforme indica a jornalista, “vão de gigantes a mega-gigantes”. E pode adivinhar-se uma qualidade superior nos tecidos que são produzidos na mesma empresa que cria materiais para a roupa do Papa. Jason Montague, um porta-voz da empresa a que pertence este navio, explica que têm “a intenção de construir um navio que vai muito além do atual padrão de luxo”.

Mas a pérola está na Regent Suite. Tem 360 metros quadrados, espaço suficiente para albergar duas casas de banho, uma varanda panorâmica, um piano Steinway, um bar de mármore negro, um candelabro de ouro e uma série de televisores instalados na sala. Mas a lista não acaba aqui: quem estiver disposto a pagar 58 mil euros (por pessoa na viagem inaugural de duas semanas), vai ainda desfrutar de spa, sauna, tratamentos ilimitados no “Canyon Ranch Spa Club”, um chauffeur, um guia em todos os portos e voos em primeira classe.

Para quem se contenta com os serviços mais humildes do “Regent Seven Seas Explorer”, o preço fica-se pelos 5300 euros por pessoa em cada noite, se quiser incluir voos, excursões, bebidas ilimitadas e gratuitas e jantares de primeira classe em restaurantes como Chartreuse ou Prime 7.