“Alfaiate é um homem que faz vestuário masculino por medida”, lê-se no dicionário. Por ironia ou não, esta é uma profissão que também se pratica no feminino. Maria Vaz é a prova disso. Contra todos os preconceitos e estereótipos, a personal tailor de 47 anos trabalha há mais de três décadas numa alfaiataria. Anda sempre com a fita métrica ao pescoço, de um lado para o outro, e esquece-se dela como um acessório que exibe com orgulho. Hoje está no atelier UOY, em Lisboa, a atender mais um cliente juntamente com o seu colega de ofício, António Lopes.

UOY Fatos-44-2

António Lopes, Paulo Pinho e Maria Vaz é a equipa que recebe no atelier da UOY. © Fábio Pinto/Observador

“O processo é simples”, explica Maria enquanto António dispõe os vários catálogos de tecido pela mesa. “Começamos por tirar as medidas e só depois sugerimos o corte, as lapelas, os bolsos, os forros e os botões, consoante o gosto pessoal do cliente”. A partir daí, há uma infinidade de escolhas que vão desde os tons mais neutros até às cores mais atrevidas como o vermelho. “O objetivo da UOY é recuperar uma tradição que luta por não desaparecer e oferecer a possibilidade do cliente personalizar uma peça única”, acrescenta.

UOY Fatos-16-2

Estas máquinas de costura antigas ainda dão uma ajuda na confeção dos fatos. © Fábio Pinto / Observador

Foi exatamente por isso que Paulo Pinho decidiu criar esta marca portuguesa. “O nome UOY é YOU ao contrário e representa o facto das roupas resultarem de escolhas e decisões do cliente que, no final, refletem um tu”, conta o mentor do projeto. Mas a novidade não está apenas no conceito. “Este serviço pode ser prestado no escritório ou em casa, fora do expediente, durante apenas 40 minutos, sem acréscimo de custos”. Nestes casos, a família também é convidada a participar na experiência e a opinar. O preço, em média, de cada fato ronda os 700€.

UOY Fatos-45-2

Apesar do espaço ser recente existem alguns protótipos no atelier para experimentar. © Fábio Pinto/Observador

No futuro, está prevista uma linha de calçado em colaboração com um dos melhores modelos do mundo, Armando Cabral, e a marca pretende oferecer a oportunidade de usufruir do processo através do seu site online. “Qualquer um poderá encomendar uma camisa, um casaco ou um fato desde que as suas medidas já estejam na na base de dados”, garante Paulo. Para Maria Vaz, já não será a mesma coisa. Afinal de contas, perde-se a experiência. A parte favorita de uma alfaiate num mundo predominantemente masculino.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nome: UOY – Uncover the Original YOU
Data: 2014
Morada: Embaixada Shopping Gallery: Praça do Príncipe Real, 26, 1º andar (Príncipe Real), Lisboa (domingo a quarta das 12h às 00h; quinta a sábado das 12h às 02h)
Contactos: 96 862 2665 ; talktous@uoy.me
Preços: Em média, 700€ por fato

100% português é uma rubrica dedicada a marcas nacionais que achamos que tem de conhecer.

Texto editado por Tiago Pais.