Muitos dos feridos em Taiwan foram atingidos por destroços levados pelo vento ou viram-se envolvidos em acidentes de trânsito, disso o Centro de Operações de Emergência, fixando o número de mortos em dois e o de feridos em 324.

Também quase meio milhão de pessoas continuam sem eletricidade em Taiwan, depois de a tempestade ter deixado um rastro de destruição. Os ventos fortes arrancaram várias árvores e as chuvas intensas provocaram deslizamentos de terras.

Mais de 12.000 pessoas tiveram de ser deslocadas e quase 3.000 estão em alojamento temporário.

O Dujuan chegou esta terça-feira  à cidade costeira chinesa de Putian, mas não há ainda registo de estragos, de acordo com agência oficial Xinhua.