O Sevilha impôs hoje a segunda derrota consecutiva ao FC Barcelona na condição de visitante na Liga espanhola de futebol, ao impor-se por 2-1 ao campeão espanhol e europeu, em jogo da sétima jornada da prova. A equipa andaluza esteve mesmo a vencer por 2-0, com dois golos marcados no curto espaço de seis minutos, pelo dinamarquês Michael Krohn-Dehli, aos 52, e Vicente Iborra, aos 58, com um vistoso pontapé de bicicleta.

O FC Barcelona, que acusou a ausência dos lesionados Iniesta e Lionel Messi, os seus jogadores mais influentes, apenas conseguiu reduzir aos 74 minutos, por intermédio do brasileiro Neymar, na conversão de uma grande penalidade duvidosa. A equipa catalã manteve-se no terceiro lugar do campeonato, mas pode ser ultrapassada pelo rival Real Madrid, quarto classificado e que joga no domingo no estádio do Atlético de Madrid, e ver, no mesmo dia, o Villarreal distanciar-se no comando, caso pontue no recinto do Levante.

Pouco mais de uma semana depois de ter perdido no estádio do Celta de Vigo, segundo posicionado, por robusto 4-1, o FC Barcelona somou a segunda derrota consecutiva fora de casa, situação em que apresenta um saldo pouco habitual de 50% de sucesso.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR