Não é que seja uma descoberta científica digna de um Nobel. Mas é um estudo que pode descansar muita gente. Acima de tudo, trata-se de ciência. Por isso vamos deixar-nos de rodeios – a masturbação faz bem à saúde.

Quem o diz são dois cientistas bloggers que gerem um canal do Youtube chamado educationalASAPScience (ciência educacional), citados pelo Independent. Desta vez, o par procurou desmistificar algumas coisas sobre a masturbação. A masculina e a feminina. Os cientistas mostram que não são mais do que mitos urbanos as sugestões de que este ato pode causar cegueira ou infertilidade.

Em vez disso, os canadianos Mitchell Moffit e Gregory Brown dizem que a masturbação pode tornar as pessoas mais felizes, saudáveis e pode mesmo melhorar a fertilidade. Isto porque o ato liberta, por exemplo, dopaminas, que ativam os pontos de prazer do cérebro, endorfinas, que reduzem a dor (incluindo as dores menstruais nas mulheres) e prolactinas, que beneficiam o sono.

Mas a dupla vai mais além. A masturbação pode prevenir o cancro da próstata, ao libertar as toxinas cancerígenas com maior regularidade.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A qualidade do esperma pode, também, ser melhorada graças à masturbação. Isto porque o esperma mais antigo é expulso e dá lugar a esperma mais novo, que tem maior probabilidade de fertilização.

Ou seja, e como conclusão, os dois bloggers dizem que a masturbação é “segura e saudável”. Fica, assim, provado que Jerry, George, Kramer e Elaine – protagonistas da sitcom lendária “Seinfeld” – não contribuíram em nada para melhorar a sua saúde quando fizeram uma competição para descobrir quem conseguia aguentar mais tempo sem se masturbar. Por outras palavras, as de Seinfeld, descobrir quem se conseguia manter recordista do “Mestre do seu Domínio”.

Para os saudosos de “Seinfeld” que queiram rever este episódio da série, que foi um marco na cultura pop, este chama-se “The Contest”. É o 11º episódio da 4ª temporada, que foi transmitido pela primeira vez em 1992. Sim, há 23 anos.

Voltando à ciência por trás da masturbação, para uma explicação mais completa e interativa, aqui fica o vídeo (em inglês):